Sobre a ideia de Treinamento
5 de abril de 2017
Melhorando Resultados com o Blended Learning
20 de maio de 2017
Exibir tudo

SOFT SKILLS: COMO FAZER O TREINAMENTO MELHORAR AS HABILIDADES NO TRABALHO?

 

QUER SABER MAIS SOBRE TREINAMENTOS COMPORTAMENTAIS?

Temos aqui ideias sobre como você pode usar diversos formatos de treinamento para melhorar as habilidades de sua equipe.

 

COMO MELHORAR O TREINAMENTO COMPORTAMENTAL, OS CHAMADOS “SOFT SKILLS”?

Ao criar experiências de aprendizagem, é de extrema importância distinguir entre competências comportamentais (soft skills) e habilidades práticas (ou hard skills). Este é um ponto bastante crítico. As estratégias necessárias para transferir habilidades práticas, como os conhecimentos procedimentais e técnicos, podem ser muito diferentes dos conhecimentos necessários para desenvolver comportamentos, que passam principalmente pelas habilidades em se comunicar.
Como exemplo, vamos pegar a cafeteria americana conhecida em todo o mundo, Starbucks.
As habilidades práticas, ou hard skills, são as ações que se toma tecnicamente, como o tempo necessário que um croissant vai ao forno, qual a quantidade de leite que se coloca num Mocha ou ainda como se arrumam as garrafas de suco no refrigerador. Já os comportamentos, ou soft skills, são as ações diretas de atendimento ao cliente. Passa pelo sorriso no rosto ao abordar o cliente, ao questionar o nome, em colocar o nome do cliente na embalagem, ofertar o cartão de recompensas Starbucks e por aí vai.
Há muitas perguntas que permanecem sem resposta quando se trata de usar o treinamento para melhorar ou modificar comportamentos.
Indo mais longe, primeiro vamos entender melhor quais são estes comportamentos.
Podemos considerar tais comportamentos como as habilidades exigidas no local de trabalho e que têm importância para o sucesso profissional. Tais habilidades são necessárias para trabalhar de forma produtiva, comunicar e cooperar. Habilidades como atendimento ao cliente, vendas, liderança, gerenciamento de tempo, gerenciamento de equipe, entrevistas e mentoria são alguns exemplos de comportamentos necessários em uma empresa.

 

QUE DIFICULDADES ENFRENTAM AS ORGANIZAÇÕES NO TREINAMENTO COMPORTAMENTAL?

Funcionários de geração Y precisam ser mais proficientes em tais comportamentos do que nunca. No entanto, varias organizações sentem que o conhecimento adequado destas habilidades permanece ausente na maioria dos funcionários, o que dificulta o seu sucesso. O treinamento é difícil, pois a aprendizagem é aberta, muitas vezes não pode ser medida ou recompensada, e as habilidades necessárias devem ser mais desempenhadas do que aprendidas.
Além disso, às vezes as pessoas têm aversão ao treinamento comportamental. Quantas vezes não ouvimos frases do tipo: “Nossa. Preciso de um treinamento para aprender isso?” ou “Ah, não. Esse treinamento chato de novo?” Especialmente aqueles que têm trabalhado por um longo tempo são resistentes a mudar as formas como as coisas são feitas. Treinamentos comportamentais precisam de tempo, energia e atenção, pois não é ciência. É um conjunto de habilidades e técnicas que se desenvolve com a prática constante.

 

TRÊS ESTRATÉGIAS PARA UM TREINAMENTO COMPORTAMENTAL EFICAZ

Projetar cursos para o desenvolvimento de comportamentos pode ser uma tarefa árdua. Algumas estratégias que podem ajudar para uma aprendizagem útil e acrescida de habilidades são:

1. TORNAR O TREINAMENTO MENSURÁVEL

A não mensuração dificulta a elaboração de um bom processo de treinamento de habilidades. Pode ser difícil medir a eficácia de qualquer treinamento comportamental, mas é muito importante demonstrar resultados com métricas. Fazer seu treinamento mensurável não só melhora o design de aprendizagem, mas também fornece resultados que podem realmente fazer a diferença.
Assim, sempre que você estiver criando um plano ou curso comportamental, coloque uma meta clara e mensurável. Para isso, você precisa primeiro identificar os principais indicadores de desempenho que precisam de perfeição.
Certifique-se de que o treinamento se concentra em atingir os objetivos desejados, focando-o nas competências adequadas. Os principais indicadores de desempenho incluem:
  • Aumento das vendas de uma linha de produtos específica.
  • Redução de clientes insatisfeitos que receberam suporte técnico.
  • Redução do tempo gasto nas reuniões.
  • Aumento da satisfação dos novos colaboradores nos primeiros três meses.
  • Redução de incidentes de segurança.
  • Redução das taxas de rotatividade de pessoal.
Manter um acompanhamento desses indicadores permite que você veja quais comportamentos estão sendo usados no dia a dia e se os programas de treinamento são benéficos ou não.

2. INTEGRAR O TREINAMENTO AO AMBIENTE DE TRABALHO

Cursos são, normalmente, projetados para uma sala de aula que permite que você tenha concentração e foco para o aprendizado. Mas, quando se trata de comportamentos, as competências exigidas relacionam-se melhor com a comunicação com os outros. Assim, as soluções devem estar bem integradas com as necessidades corporativas, o crescimento na carreira de um indivíduo e as necessidades da equipe.
Os processos de aprendizado nunca devem ser deixados de lado. Na verdade, deve ser uma estratégia combinada, o que chamamos de blended learning, que significa mais metodologias e processos utilizados. Inclua também feedback após cada módulo; Ele ajuda na concepção de melhores processos de treinamento no futuro.
Os cursos e-Learning são formas eficazes, econômicas e fáceis de se aprender uma habilidade. O uso eficaz das ferramentas de e-Learning, muitas vezes é o que as empresas precisam para um programa de aprendizagem.
Mas não somente o e-Learning deve ser considerado. Práticas presenciais onde o participante possa demonstrar ao vivo as técnicas aprendidas e receber feedback do instrutor e dos demais participantes é também de extrema eficácia para a retenção do conteúdo. O mesmo ocorre quando o participante assumi o papel de instrutor, tendo de explicar a alguém algo que acabou de aprender.
Práticas de constante entregas de conteúdo para os participantes como folhetos eletrônicos, quizzes, jogos que podem ser disponibilizados através de um aplicativo de treinamento em que se publique periodicamente novos materiais, poderão auxiliar ainda mais nas mudanças de comportamento desejadas.

3. SIGA A ABORDAGEM DE APRENDIZADO DE CONCEITO ÚNICO

Aprendizagem de conceito único criado por Stephen Meyer afirma que, devido ao período de curta atenção que possuímos, cada envolvimento deve fixar-se em um único tópico. Por exemplo, um módulo de e-Learning sobre orientação de carreira pode abranger um grande número de tópicos, mas para o aprendizado eficaz deve incluir apenas um assunto por vez.
Aprender comportamentos pode ser uma tarefa difícil, mas com o passar do tempo você pode dominar tais habilidades. Algumas destas habilidades incluem:
  • Começar uma conversa de forma leve e amistosa.
  • Estabelecer metas para si mesmo.
  • Ter respeito pelas suas próprias opiniões.
  • Diagnosticar as necessidades e os problemas de outra pessoa ouvindo-a de maneira eficaz.
  • Demonstrar respeito pelas opiniões de outras pessoas.
Além de várias outras que podemos lhe ajudar a desenvolver nos seus fornecedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 BALL POOL APK for android